GRÁTIS LIVRO MEDIAÇÃO E ARBITRAGEM

Total de visualizações de página

CIDADE ALERTA

Você é a favor da pena de morte?
Sim
Não

Pessoas Online

Arquivos

Meus Vídeos

Loading...

Seguidores

TV NBR AO VIVO

segunda-feira, 24 de novembro de 2014

MARIO NEGROMONTE: IRMÃO FORAGIDO SE ENTREGA A PRISÃO

QUEM ACREDITA NA INGENUIDADE DE MARIO NEGROMNTE?
SOMENTE QUEM TAMBÉM ACREDITA EM PAPAI NOEL !


Adarico Negromonte, foragido da 7ª fase da Lava Jato, se entrega à polícia

Negromonte é um dos 25 investigados desta fase da operação.
Ele se entregou à PF em Curitiba por nesta segunda-feira (24).

Adriana Justi Do G1 PR
O último foragido da Polícia Federal (PF) na sétima fase da Operação Lava Jato, Adarico Negromonte Filho, se entregou na carceragem de Curitiba às 11h15 desta segunda-feira (24). Ele é um dos 25 investigados nesta fase da operação e estava foragido desde sexta-feira (14). Negromonte é suspeito de ligação com o doleiro Alberto Youssef, considerado o líder de um esquema de lavagem e desvio de dinheiro. Segundo as investigações, ele levava dinheiro do escritório do doleiro até os agentes públicos e partidos políticos. O investigado chegou de táxi à Polícia Federal, acompanhado pela advogada que o representa. Eles preferiram não dar entrevista.
"Estão sendo feitas as formalidades legais e depois nós vamos decidir o horário em que ele será levado para o IML para fazer o exame de corpo de delito", disse o superintendente da PF Rosalvo Ferreira Franco. A previsão é de que isso seja feito até o período da tarde, conforme Rosalvo. De acordo com a Polícia Federal, não há data prevista para o depoimento de Negromonte.
Adarico Negromonte entrou pela porta da frente da PF e não falou com a imprensa  (Foto: Adriana Justi / G1)Adarico Negromonte entrou pela porta da frente
da PF e não falou com a imprensa
(Foto: Adriana Justi / G1)
Adarico é irmão do ex-ministro das Cidades Mário Negromonte (PP-BA). Em documento protocolado na Justiça, a defesa enfatizou o pedido de revogação da prisão temporária do cliente, e diz que a autoridade policial foi informada sobre a apresentação. De acordo com as advogadas que o representam, Joyce Roysen, Denise Nunes Garcia, Débora Motta Cardoso, e Kátia Toscano Mielenhausen, o juiz federal Sergio Moro determinou na terça-feira (18) que o Ministério Público Federal (MPF) se manifestasse em até três dias sobre o pedido de revogação da prisão - o que, de acordo com a defesa, ainda não ocorreu.

Deflagrada em março deste ano, a Operação Lava Jato prendeu várias pessoas, entre elas estão o ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa, que cumpre prisão domiciliar no Rio de Janeiro, o ex-diretor de Serviço Renato Duque, e o doleiro Alberto Youssef, acusado de comandar o esquema. Os dois últimos estão detidos na carceragem em Curitiba.
A defesa de Adarico Negromonte alega ainda que não há necessidade da prisão de Negromonte para o prosseguimento das investigações. "Ratifica-se que a liberdade do Requerente que conta com quase 70 anos de idade, é primário, tem bons antecedentes, possui residência fixa e ocupação lícita, em nada poderá influenciar sobre a colheita de provas que ainda resta ser feita", argumentam.

Lava Jato
A Operação Lava Jato investiga um esquema de lavagem de dinheiro que teria movimentado cerca de R$ 10 bilhões e provocou desvio de recursos da Petrobras, segundo investigações da Polícia Federal e do Ministério Público Federal. A nova fase da operação policial teve como foco executivos e funcionários de nove grandes empreiteiras que mantêm contratos com a Petrobras que somam R$ 59 bilhões.
Parte desses contratos está sob investigação da Receita Federal, do MPF e da Polícia Federal. Ao todo, 24 pessoas foram presas pela PF durante esta etapa da operação. Porém, ao expirar o prazo da prisão temporária (de cinco dias, prorrogáveis por mais cinco), na última terça (18), 11 suspeitos foram liberados. Outras 13 pessoas, entre as quais o ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque, continuam na cadeia.

FONTE: http://g1.globo.com/pr/parana/noticia/2014/11/adarico-negromonte-foragido-da-7-fase-da-lava-jato-se-entrega-policia.html
Leia mais

terça-feira, 18 de novembro de 2014

MARIO NEGROMONTE DEFENDE O IRMÃO FORAGIDO

OPERAÇÃO LAVA JATO: Ex-Deputado Mário Negromonte defende irmão foragido que é acusado de formação de quadrilha e corrupção ativa, site partidário Ozildo Alves omite escândalo.
 Irmão do Ex-Deputado Mário Negromonte é procurado pela PF.

A Polícia Federal continua procurando Adarico Negromonte Filho, que é acusado de formação de quadrilha e corrupção ativa.

Irmão de Mário Negromonte (PP), nomeado recentemente pelo governador Jaques Wagner para o Tribunal de Contas dos Municípios, Adarico não conseguiu ser preso na sétima etapa da Operação Lava Jato, deflagrada na última sexta-feira.

Ele segue foragido e a PF já acionou a Interpol para tentar localizá-lo. A PF fez buscas no apartamento de Adarico em São Paulo nesta sexta-feira, 14, no âmbito da sétima fase da Operação Lava Jato.

O irmão do ex-ministro das Cidades Mário Negromonte, atual conselheiro do TCE da Bahia, é tio do agora deputado federal Mário Negromonte Júnior, o segundo mais bem votado da Bahia nas eleições de 2014, com 169 mil 215 votos.

A nomeação de Jacques Wagner foi parte do "pacote" para apoio do PP a Dilma Rousseff. O governador jogou a cautela de lado, defendeu abertamente o então parlamentar e determinou à base aliada que afinasse o discurso e blindasse o cacique do PP na Assembleia Legislativa.

O ex-deputado Mário Negromonte (PP), afirmou, nesta sexta-feira (14), que seu irmão Adarico Negromonte Filho deve se apresentar em breve à Polícia Federal e que está disposto a contribuir com a Justiça na investigação sobre os esquemas organizados pelo doleiro Alberto Youssef.

De acordo com o Estado de S. Paulo, a Polícia Federal acionou a Interpol para tentar localizar Adarico, que não seria encontrado há dois meses. “Não consegui falar com ele, mas falei com o filho dele, que é advogado.

A investigação corre há oito meses e ele nunca foi chamado para nada. Não teve acesso a inquérito, a denúncia... Mas ele vai se apresentar e está disposto a esclarecer e ajudar a Justiça”, contou ao Bahia Notícias.

Segundo o deputado, o caso chamou mais atenção por ele ser ex-ministro das Cidades do governo Dilma Rousseff (PT). “Se ele fosse Adarico da Silva não teria tudo isso. Mas como o irmão dele é ex-ministro, a coisa fica potencializada. Eu tenho 11 irmãos.

Não posso ser responsabilizado por cada decisão boa ou má que eles tomem”, reclamou. O progressista, contudo, questionou a necessidade de se acionar a organização internacional de polícia. “A Interpol é internacional. Ele está no Brasil.

Eu não o tenho visto, mas o filho dele está indo à polícia com os advogados. Ele certamente deve se apresentar espontaneamente ou pedir a suspensão da prisão”, avaliou.

Redação com informações do Bahia Noticias e Jornal da Mídia
 
http://www.marcioomena.blogspot.com.br/2014/11/operacao-lava-jato-ex-deputado-mario.html
Leia mais

CRIME AMBIENTAL É PERMITIDO EM LAURO DE FREITAS, ARVORES SÃO CORTADAS

O PREFEITO DE LAURO DE FREITAS TEM FEITO VISTAS GROSSAS PARA OS CRIMES AMBIENTAIS NA CIDADE
 
 
 
 
A equipe do blog Cecílio Almeida Matos, flagrou em plena avenida no centro da cidade, próximo ao terminal de ônibus, cortes de arvores realizadas de forma ilegal e clandestina, aos olhos de guardas municipais e representantes municipais diversos, são vários bairros e várias localidades que as arvores são completamente cortadas, cometendo crimes ambientais. O curioso é que essa constante não deve ser algo que fuja ao conhecimento do prefeito da cidade, que é do PP e que tem adotado comumente em sua gestão principalmente as operações tapa buracos, passando borras de asfaltos que a cada chuva se desfazem e voltam a aparecer, sabe-se lá Deus, a que custo para refazimento.
 
A cidade tem sentido constantemente a onda de violência, o aumento  da miséria e do desemprego e como se não bastasse verifica-se s crimes ambientais, com animais soltos pelas ruas, sem que a Secretaria de Saúde adote qualquer providência. 
Leia mais

PRISÃO DE EMPRESÁRIOS DESARMA GOLPE DA DIREITA ORQUESTRADO PELO PSDB E DEIXA AÉCIO HISTÉRICO

NUM CONTRA GOLPE SEM IGUAL, AS ARTICULAÇÕES DO PSDB SILENCIAM COM MEDO DOS RESULTADOS E FAZ AÉCIO SE INTIMIDAR
 
 
 
 
Por que Aécio está histérico? 5 empreiteiras da Lavajato dividiram obras da Aéciolândia.


Nas últimas entrevistas de Aécio Neves (PSDB), ele aparece praticamente histérico tentando pautar desesperadamente a mídia na operação Lavajato para atacar o governo Dilma, uma forma de afastar os holofotes dos tucanos. Mas vai ser difícil.

Como se não bastasse antecedentes tucanos na Operação Castelo de Areia, como se não bastasse a infiltração de corruptos na Petrobras vir do governo FHC, como se não bastasse o inquérito que liga Youssef à Cemig, basta olhar o caso da construção do palácio de governo de Minas na gestão de Aécio quando foi governador.

Para quem não se lembra, a "grande" obra de Aécio Neves (PSDB-MG) como governador de Minas, além dos dois famosos aecioportos, não foi construir hospitais, nem escolas técnicas, nem campus universitários. Foi um palácio de governo faraônico chamado Cidade Administrativa de Minas, cujo custo foi cerca R$ 2,3 bilhões (R$ 1,7 bi em 2010 corrigido pelo IGP-M). A farra com o dinheiro público ganhou dos mineiros até apelido de Aéciolândia ou Neveslândia.

Além da obra ser praticamente supérflua para um custo tão alto, pois está longe de ser prioridade se comparada com a necessidade de investir em saúde, educação, moradia, mobilidade urbana, foi feita com uma das mais estranhas licitações da história do Brasil.

O próprio resultado deixou "batom na cueca" escancarado em praça pública, pois basta observar que dois prédios iguais foram construídos por dois consórcios diferentes, cada um com três empreiteiras diferentes.

Ora, se um Consórcio ganhou um dos prédios com preço menor, teria que construir os dois prédios, pois nada justifica pagar mais caro pelo outro praticamente igual.

Se os preços foram iguais, a caracterização de formação de cartel fica muito evidente e precisa ser investigada. Afinal por que seis grandes empreiteiras, em uma obra que cada uma teria capacidade de fazer sozinha, precisariam dividir entre elas em vez de cada uma participar da licitação concorrendo com a outra? Difícil de explicar.

O próprio processo licitatório deveria proibir esse tipo de situação, pois não existe explicação razoável. Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come.

No final das contas, 9 grandes empreiteiras formando três consórcios, executaram a obra. Cinco delas estão com diretores presos na Operação Lavajato, acusados de formação de cartel e corrupção de funcionários públicos.

Em março de 2010 havia uma investigação aberta no Ministério Público de Minas Gerais para apurar esse escândalo. Estamos em 2014 e onde estão os tucanos responsáveis? Todos soltos. A imprensa mineira, que deveria acompanhar o caso, nem toca no assunto de tão tucana que é.
 
http://osamigosdopresidentelula.blogspot.com.br/2014/11/porque-aecio-esta-histerico-5.html

Leia mais

UMA MEGA OPERAÇÃO DE COMBATE A FRAUDE E CORRUPÇÃO ESTÁ SENDO MONTADA NO BRASIL

ESTÁ EM CURSO A MAIOR MEGA OPERAÇÃO DE COMBATE A CORRUPÇÃO NO BRASIL, SOB A PRESIDÊNCIA DO GOVERNO  DILMA ROUSSEFF
 
 
 

Uma mega operação policial em todo o Brasil está sendo montada para botar na cadeia corrupto e corruptores. A ordem foi dada diretamente do gabinete da Presidência, que pretende realizar uma espécie de "operação mãos limpas" colocando na cadeia servidores públicos, empresários, autoridades, políticos e uma serie de marginais disfarçados de pessoas de bem, que até então acreditavam na impunidade. Esse compromisso é uma iniciativa assumida pela Presidenta e mostra o quanto interesse tem em fazer com que a impunidade no Brasil termine, colocando na cadeia pessoas envolvidas com corrupção e sonegação no país, pois a Nação suporta um prejuízo inestimável, de bilhões de dólares todo ano, além dos prejuízos estruturais.
 
Sob o comando da Polícia Federal  , e diversos serviços de inteligências pontos nevrálgicos estão sendo há algum tempo estudados e com isso estão sendo monitorados peixes graúdos que estão na mira da Receita Federal, serviços de inteligência e Polícia Federal. Não esquecendo o papel da imprensa que ajuda a indicar onde estão os corruptos e os caminhos que os mesmos percorrem para lograrem êxito em seus caminhos marginais.
 
Talvez, realmente o Brasil esteja iniciando uma nova era, buscando o melhor para a Nação e para o povo brasileiro, acredito que Dilma Rousseff pegou definitivamente o bonde da história.
Leia mais

segunda-feira, 17 de novembro de 2014

COORPORATVISMO ENVERGONHA A JUSTIÇA E NÃO CONSEGUE AMORDAÇAR A IMPRENSA

QUANTA VERGONHA !!

O Globo é condenado a indenizar juiz parado em blitz da lei seca por chamá-lo de caloteiro

O Globo é condenado a indenizar juiz parado em blitz da lei seca por chamá-lo de caloteiro
Juiz João Carlos de Souza Correa não pagou conta de luz | Foto: Reprodução
A Justiça do Rio de Janeiro condenou o jornal O Globo a pagar indenização de R$ 18 mil ao juiz João Carlos de Souza Correa, por ter publicado uma matéria, em que relatava a voz de prisão dada pelo juiz a funcionários da empresa Ampla, que foram a casa dele cortar o fornecimento de energia elétrica por falta de pagamento.  O juiz é o mesmo que fora beneficiado com uma decisão da Justiça para que receba indenização de R$ 5 mil de uma agente de trânsito, que afirmou que “juiz não é Deus”. A voz de prisão contra funcionários da ampla aconteceu em 2006, mas foi inclusa em uma matéria de fevereiro de 2011 que falava sobre outras confusões envolvendo o juiz, como o uso irregular de giroflex no veículo que dirigia, em 2009, e desentendimentos com turistas, em 2011, ambos ocorridos na cidade de Búzios, onde trabalhava. A reportagem foi publicada com chamada na capa — “Juiz dá calote e tenta aprender cobrador”. De acordo com o site Conjur, na ação, o magistrado afirmou que “a reportagem gerou abalo a sua honra”, e pediu indenização de R$ 100 mil. Em sua defesa, o jornal afirmou que as informações eram verdadeiras e que o juiz era investigado, em sigilo, pelo Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJ-RJ) e pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ). A juíza Lindalva Soares Silva, da 11ª Vara Cível, na decisão, afirmou que “questões envolvendo, investigações administrativas e temas quanto a sua conduta na condução de processos na comarca de Armação de Búzios e situações polêmicas envolvendo seu nome na aludida localidade fogem ao tema aqui proposto apesar dos réus terem juntado aos autos documentos nesse sentido”, escreveu. Para a juíza, a ação discutia outros direitos como violação de honra e imagem e não liberdade de expressão, ao dizer que o fato mencionado era verdadeiro. A juíza ainda considerou que o jornal errou a mão ao publicar a matéria.  “Com a devida vênia aos réus não se discute o direito em informar fatos que envolvem o autor, juiz, e, portanto, mero servidor público”, disse. “Mas o dever de informar mesmo que para a imprensa seja verídico não pode ser transmitido com emprego de linguagem agressiva de ‘caloteiro’, até mesmo porque a palavra em nosso idioma tem sentido pejorativo e depreciativo”, acrescentou. O valor da indenização foi reduzido pela magistrada, por considerar “extremamente exagerado” o valor pedido pelo juiz. A condenação também atinge o jornalista Ronaldo Braga, autor da matéria.
 
Leia mais

sábado, 15 de novembro de 2014

FRAUDE NO SUS PODERÁ LEVAR DENUNCIADO DE PAULO AFONSO PARA CADEIA

ESPERA-SE COM ANSIEDADE O ANDAMENTO DE PROCEDIMENTO PERANTE A POLÍCIA FEDERAL PARA QUE UM FRAUDADOR DO SUS EM PAULO AFONSO POSSA SER PRESO
 
 
 
 
 
O  jornalista Cecílio Almeida cobrou diretamente do gabinete da Presidência da República e do  gabinete do Ministro da justiça a apuração da denuncia de um fraudador do SUS na cidade de Paulo Afonso; o fato é que as provas são factíveis e constatada por auditorias, e o possível tráfico de influência junto a políticos locais poderia ter logrado êxito até então se não fosse a diligência do jornalista em cobrar uma resposta sobre o assunto e uma solução para a investigação federal. O crime está consumado e não se desfaz, além do meliante responder a diversos processos criminais, inclusive por está incluído na Lei Maria da Penha , agressão a mulheres.
O infeliz sacripanta gosta de holofotes e no momento não tem conseguido espaço na mídia local da cidade de Paulo Afonso em virtude da aversão popular que tem na cidade e inúmeros desafetos pela sua personalidade cínica e beligerante. Vaidoso, posa de pessoa de bem e de homem honrado, mas foi escorraçado de sua cidade por infidelidade ao líder político e assedio moral, achando-se dono da verdade, não mede esforços para cooptar pessoas dentro de quaisquer órgãos que possa transitar, perigoso pela capacidade de ludibriar as pessoas mais astutas que houver , mesmo assim é sagaz o suficiente para com grito e jeito intimidar  e propinar quem encontrar no meio do caminho e se disponha a ser comprado, mais cedo ou mais tarde o canalha será preso .

Leia mais

INCONFORMADO AÉCIO NEVES TENTA A TODO CUSTO UM GOLPE DE ESTADO CONTRA DILMA ROUSSEFF ??

A PASSEATA HOJE, DOMINGO, ARTICULADA PELA EXTREMA DIREITA, MOSTRA O INCORFORMISMO DE QUEM PERDEU AS ELEIÇÕES DEMORATICAMENTE
 
 
 
 
 
Parece que a  direita não sabe ou desconhece, que em democracia vence quem tem a maioria dos votos, nem que pra isso a diferença seja de apenas um voto. Ao que tudo indica, de forma dissimulada o PSDB manipula uma massa acéfala que não entende que nas denuncias de corrupção da Petrobras, estariam envolvidos a maioria dos partidos políticos de médio e grande porte e que portanto não é somente o PT ou Dilma Rousseff os responsáveis pela sangria da empresa petrolífera .
 
Uma multidão concentrou-se na Avenida Paulista hoje, para pedir "intervenção militar" e o impeachment da Presidenta do Brasil, reeleita democraticamente.
 
Houve quem dissesse que sairia do país se acaso a mesma fosse reeleita; e não saiu. Houve que dissesse que faria oposição sistemática ao governo, mas diante da necessidade foi pedir ajuda do governo federal pela falta d'água no Estado de São Paulo. E agora não faltam fascistas, neonazistas e oportunistas tentando um golpe de Estado contra a democracia do país, como se o PSDB não tivesse a essa altura dos acontecimentos, envolvimentos em escândalos de corrupção. Como se o Senador Aécio não tivesse sido denunciado pelo Ministério Público pela compra de milhões de reais de vacina pra cavalo na secretaria de saúde do Estado de Minas Gerais, além do escândalo do aeroporto realizado nas dependências de um propriedade do tio de Aécio Neves.
 
Esquivam-se em não ser chamados de "direita reacionária" e fingem não quererem a volta dos militares ao poder, pelo simples fato de que, se assim assumissem, macularia a imagem de herdeiros de políticos combatentes da esquerda no passado; como é o caso do tio de Aécio Neves, o Ex Senador Tancredo de Almeida Neves .
 
Não se tem dúvidas que tentam colocar no fogo dessa cruzada os próprios militares, como se os mesmos não tivessem atentos à toda essa movimentação que visa manipular militares para utiliza-los como escudo de interesses pessoais e mesquinhos. Por trás de toda essa vergonha para o mundo democrático estaria o próprio Senador Aécio Neves que inconformado com a derrota, parece necessitar de doses cada vez maiores de PROZAIC se acaso fizer uso do mesmo, pois não para de usar o  caso de corrupção da Petrobras como discurso para justificar seus anseios pela cadeira da presidência no Planalto da República; interessante é que o próprio PSDB já foi citado como envolvido no escândalo do caso  "petrolão" e nem assim o projeto de esquizoide frénico não se vê intimidado a  retroceder em suas manipulações onde o próprio Senador  Aluysio (vice presidente) na chapa do Senador Aécio, se fez presente na referida manifestação de  "inconfidentes" e inconformados  reacionários e, alguns que lá se encontravam com certeza neonazistas e fascistas.
 
 
No  mínimo Aécio seria acusado de conspiração se tentasse fazer a mesma coisa nos Estados Unidos da América. Ou seja desmoralizar a eleição com discurso fácil da corrupção , onde o seu próprio partido está envolvido, para destituir um presidente da república.
 
Aécio pelo jeito, além de inconformado e manipulador, mostra conspirar contra a democracia e com certeza não foi esse o ensinamento que o tio dele deixou pra ele, o inesquecível Tancredo de Almeida Neves. Poderia honrar o nome e a tradição política do tio. O povo brasileiro é o único no mundo que não pede democracia amadurecida, pede ditadura pela intervenção de militares. Ao invés de lutar pelo fortalecimento das instituições democráticas do país, tais como Ministério Público, judiciário, Polícia Federal ,OAB e etc. ; clamam em público pela ditadura . Ou isso é fascismo ou isso é loucura !
O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,pedido-de-intervencao-militar-racha-passeata-anti-dilma-na-paulista,1593345
O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,pedido-de-intervencao-militar-racha-passeata-anti-dilma-na-paulista,1593345
O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,pedido-de-intervencao-militar-racha-passeata-anti-dilma-na-paulista,159334O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,pedido-de-intervencao-militar-racha-passeata-anti-dilma-na-paulista,1593345O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,pedido-de-intervencao-militar-racha-passeata-anti-dilma-na-paulista,1593345O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,pedido-de-intervencao-militar-racha-passeata-anti-dilma-na-paulista,1593345
O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,pedido-de-intervencao-militar-racha-passeata-anti-dilma-na-paulista,1593345
O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,pedido-de-intervencao-militar-racha-passeata-anti-dilma-na-paulista,1593345
O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,pedido-de-intervencao-militar-racha-passeata-anti-dilma-na-paulista,1593345
O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,pedido-de-intervencao-militar-racha-passeata-anti-dilma-na-paulista,1593345O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,pedido-de-intervencao-militar-racha-passeata-anti-dilma-na-paulista,1593345O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,pedido-de-intervencao-militar-racha-passeata-anti-dilma-na-paulista,1593345O material jornalístico produzido pelo Estadão é protegido por lei. Para compartilhar este conteúdo, utilize o link:http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,pedido-de-intervencao-militar-racha-passeata-anti-dilma-na-paulista,1593345
Leia mais

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

FRAUDE E CORRUPÇÃO NO PRÉ -CAJÚ TERMINA COM A BRINCADEIRA

EM 1996 O JORNALISTA CECÍLIO ALMEIDA REQUEREU O FIM DA FESTA QUE OCUPAVA ESPAÇO PÚBLICO E ERA ORGANIZADA POR UMA ASSÕCIAÇÃO RECÉM CRIADA
 
 
 
 
Agora em 2014, 23 anos depois, a verdade vem a tona e o pré-caju em Aracajú termina por desvio de verbas públicas, para uma "ong" que durante 23 anos se projetou, comandou e ainda fez seu diretor deputado e político local influente. Pré-Caju será substituído por festa em espaço privado de capital sergipana , o  problema não esta com os patrocinadores e sim com a ASBT que por ordem judicial não pode realizar o Pre-caju . A decisão corre no processo 201410900852 protocolado pela Promotoria do 3º Setor do Ministério Público Estadual solicitou e conseguiu liminar que determina o fechamento da ONG
ASBT assim como a proibição para organizar qualquer tipo de evento. ESSA E A VERDADE QUE FABIANO NÃO QUER FALAR! Desviaram dinheiro público, obtiveram lucro através de uma ONG. Isso é crime. Muita gente ficou rica com a festa que aglutinava milhares de foliões com patrocínio do dinheiro público. Tempo difíceis, a vaca leiteira, não estava aguentando a sangria e assim mingou !

Leia mais

quinta-feira, 13 de novembro de 2014

MANIFESTO CONTRA A MORTE DE JOVENS NA PERIFERIA

Manifesto contra a morte de jovens na periferia

Por: Araripe Coutinho *


Imagine uma canoa que começa a fazer água. Desesperados, seus ocupantes passam a remar furiosamente, na busca por alcançar terra firme antes que todos afundem. Só que parte rema para um lado; parte, para o outro, enquanto todos trocam acusações sobre a quem cabiam as responsabilidades pela devida manutenção da canoa. O leitor provavelmente não se espantaria se o resultado de tal drama hipotético fosse um naufrágio.


Esse preâmbulo é uma analogia com o cenário atual em Sergipe. O Governo do Estado atrasou salários de servidores – o que é de fato lamentável -, porém, ao invés de toda a classe política se unir em ações propositivas, visando encontrar uma alternativa viável, verificou-se uma saraivada de críticas que, neste momento, em nada contribuem para a resolução do problema. Trata-se de um movimento que apequena a política partidária, ao priorizar uma contenda mesquinha, quando a gravidade dos fatos requisita espírito público posto acima de tais questões.

Ainda que ideologicamente eu esteja em campo de oposição ao governador Jackson Barreto, acredito ser obrigação de cada político se dispor a ajudá-lo no enfrentamento a dificuldades de ordem econômica que, como se sabe, não são exclusivas de Sergipe. No dia 31 passado, por exemplo, reportagem no Bom Dia Brasil, da Rede Globo, teve como título “Rombos estaduais chegam a R$ 8 bi e falta dinheiro até para gasolina”. A matéria questiona os respectivos governadores, ao afirmar que “é isso que acontece com quem gasta mais do que podia”, mas faz a ressalva de que a situação se agrava “porque os Estados ainda têm outras dívidas, milionárias, de longo prazo, como as feitas com bancos e com o Governo Federal”.

Na nota emitida pelo Governo de Sergipe para explicar o atraso no pagamento do funcionalismo – “excepcionalmente”,

segundo o texto -, o problema é atribuído “às constantes quedas nos repasses do Governo Federal, principalmente do Fundo de Participação dos Estados (FPE) que esse ano vem acumulando quedas consecutivas, podendo fechar o exercício de 2014 com uma frustração de cerca de R$ 200 milhões, somado ao aumento exponencial das despesas com a previdência pública estadual, que até o mês de setembro consumiu R$ 540 milhões dos cofres estaduais e aponta para um déficit de R$ 750 milhões até o final de 2014”.

Conforme divulgou o Banco Central no final de outubro, só no mês anterior, setembro, União, Estados, Municípios e empresas estatais amargaram um déficit de R$ 25,5 bilhões - o pior resultado desde 1994, quando o Plano Real foi implantado, e também um recorde negativo desde que o regime de metas fiscais foi criado, em 1999.

A crise é ampla e apenas alianças regadas à sensatez podem fazer frente a seus efeitos nefastos, os quais vão recair, como de hábito, na qualidade de vida dos brasileiros. Especialistas já sinalizam um aumento de impostos como a única saída para o ajuste das contas públicas, ou seja, a fatura da irresponsabilidade fiscal será paga por todos.

Qualquer família organizada do ponto de vista financeiro sabe que tempos de crise demandam apertar os cintos. Sob esse prisma, é salutar que o Governo de Sergipe tenha informado o propósito de “tomar diversas medidas necessárias para redução de despesas na máquina pública”.

Movido pelo espírito colaborativo que aqui exalto, passo a propor algumas providências para contenção de gastos que, a rigor, já vinham sendo cobradas antes mesmo de se tornarem tão concretamente urgentes, inadiáveis. Uma delas é o próprio redimensionamento da máquina pública. Ao implantar efetivamente a meritocracia - critério que deveria pautar

as contratações, mas usualmente relegado ao enésimo plano, por força de conveniências políticas -, o Estado conseguiria reduzir cargos em comissão com justiça, valorizando e mantendo apenas os que de fato cumprem suas funções com eficiência e denodo.

Na mesma lógica da meritocracia, sugiro ao governador Jackson Barreto que pense na possibilidade de extinguir cargos de adjuntos e, mais além, de reduzir o número de Secretarias de Estado pelo instrumento de fusões ou, quando couber, assumindo corajosamente que, na relação custo/benefício, não se justifica a manutenção de uma pasta – ou de quantas se encaixarem nessa métrica.

A administração pública, em qualquer esfera, não transcende a exatidão matemática. Quando os gastos são superiores à arrecadação, os problemas financeiros são inevitáveis. Postergar a racionalidade capaz de ao menos minimizá-los a um ponto aceitável é tarefa que o gestor tem a obrigação de abraçar, sob pena de, como aconteceu, deixar de cumprir no prazo correto um pacto essencial: o pagamento da folha.

O governador Jackson Barreto tem em seu caminho a adoção de medidas impopulares, que seguramente vão ser questionadas. Porém, citando uma expressão bem conhecida, “não se faz omelete sem quebrar uns ovos”. Como um político cuja prioridade é o bem de Sergipe, estou disposto a contribuir no que for necessário para sanear as finanças do Estado.

Criticar é bem mais confortável do que apresentar sugestões, mas oposição por si só não melhora a vida do povo de Sergipe – e é com esse povo que firmei meu compromisso.

A escalada da violência no município de Aracaju não é uma surpresa para quem acompanha a cidade e se debruça sobre

seus indicadores. A maioria dos bairros não tem nenhuma biblioteca pública, não tem nenhum equipamento esportivo público, os postos de saúde não têm, na sua maioria, medicamentos; as delegacias, fim de semana, estão fechadas e não há nenhum centro cultural. Em todo o município, há proliferação de favelas, enquanto centenas de jovens entre 15 e 19 anos estão fora da escola, metade da população jovem, entre 15 a 24 anos, está desempregada e milhares de crianças (170 mil) necessitam de vaga em creche pública. Para se deslocar na cidade, o aracajuano passa em média 2 horas e 23 minutos por dia no trânsito (o equivalente a um mês por ano) e o transporte público, nos horários de pico, oferece condições sub-humanas. Para serem atendidas por um médico no posto de saúde público, as pessoas esperam em média 66 dias; para fazerem exames em laboratório, mais 86 dias; e, para procedimentos mais complexos, mais 178 dias.

Este é um cenário perfeito para que prosperem a criminalidade e a violência: extremas carências, enorme desigualdade gerando frustração e revolta pela injustiça, ausência do poder público e falta de oportunidades de trabalho, educação, cultura e lazer para jovens de baixa renda, além de serviços públicos de educação, saúde e transporte de baixa qualidade (as pessoas de maior poder aquisitivo e até os responsáveis pelas políticas públicas pagam para usar serviços). Para combater a violência, é claro que precisamos de uma polícia competente, amiga da comunidade, bem capacitada para exercer mais a prevenção do que a repressão, de policiais bem remunerados e honestos, de um sistema prisional que recupere as pessoas para o convívio social, de uma justiça ágil e honesta. No entanto, enquanto não mudarmos o quadro social e econômico e pensarmos apenas em aumentar a repressão, enquanto não atacarmos as raízes dos problemas, estaremos apenas realimentando a espiral da violência.

No bairro Industrial várias vidas estão sendo ceifadas e quer ver coisa é na Terra Dura, bairro América, Manoel Preto, e

na grande Aracaju também como Marcos Freire, Eduardo Gomes, Fernando Collor de Mello e etc. Não podemos nos calar diante dessa barbárie, muitos vítimas de latrocínio, outras por porte de drogas e tráfico, quase sempre justificado pela dita sociedade, como “marginal, drogado, desocupado, ladrão”. Como se ali não tivesse uma pessoa, uma família. Nós queremos nossos jovens felizes. Tomando sorvete com a namorada sem medo, andando no bairro com orgulho do lugar que mora, queremos nossos jovens VIVOS E NÃO MORTOS, queremos nossos jovens livres de balas, humilhação, tristeza. Queremos políticas públicas efetivas para nossos jovens, queremos chorar de alegria por termos passado nossos filhos no vestibular, e não por terem morrido no silêncio das balas por uma pedra de crack de 10 reais. Precisamos urgente incentivar a aplicação de penas alternativas à prisão e a descriminalização de condutas, de modo a romper com a lógica do encarceramento em massa e combater a superlotação prisional.

Aprimorar a apuração da responsabilidade de agentes públicos acusados de praticar atos de violência e de violar direitos

humanos. Investir no acesso à justiça, estimulando o fortalecimento e a autonomia da Defensoria Pública. Precisamos desmontar redes de corrupção e criminalidade, identificar as lideranças dessas redes e combater a corrupção e os grupos de extermínio.

São medidas de curto prazo que devem ser tomadas, levando-se em conta a situação de guerra civil que vivemos em Aracaju, a qual atinge principalmente a população mais pobre e vulnerável das periferias da cidade. Conclamamos igualmente aos cidadãos e cidadãs, as entidades da sociedade civil, as empresas a empunhar estas bandeiras e se empenhar em colaborar dentro de suas possibilidades e de sua esfera de poder e de influência, ajudando nossa cidade a tornar-se uma cidade de paz, justa e sustentável, uma cidade que ofereça qualidade de vida para todos os seus habitantes.

Precisamos estimular a criação de espaços comunitários destinados ao fortalecimento de vínculos de solidariedade entre os membros da comunidade, bem como para a mediação e solução de conflitos interpessoais, com a participação dos serviços públicos essenciais. Queremos que todas as religiões somem-se ao nosso projeto. Que o Ministério Público Estadual e Federal unam-se no combate à violência e punam os culpados pelos seus gestos, suas atitudes criminosas, muitas vezes impunes. Rogamos, pois a Deus, força e coragem para que este Manifesto seja recebido pela sociedade, e que possamos tomar parte desta realidade que assola principalmente nossos jovens como o Elvis, homenageado hoje com um painel, pintado por um grafiteiro de nome Feik do bairro e Joões, Antonios, Paulos e recentemente também o Samurai, um ser que meditava na orlinha do bairro Industrial, barbaramente assassinado sob os olhos do sol.

Fica então, aqui, o nosso Manifesto: das mães, das famílias, daqueles que não têm voz, órfãos do poder constituído e institucionalizado, fica aqui a nossa dor. Que possamos construir uma sociedade de inclusão, mais humana, mais justa e mais pacífica. Entidades constituídas e presentes.


*Araripe Coutinho é jornalista do Jornal da cidade em Aracajú, poeta, ícone aracajuano, ex assessor de Clodovil Hernández ,representante da Anistia Internacional e um grande e verdadeiro amigo.
Leia mais

ARACAJU - Samu levará atendimento para ‘Volta de Aracaju 2014'

 DUAS MIL PESSOAS PARA EVENTO ESPORTIVO EM ARCAJU

13/11/2014 - 20:11
 
Samu levará atendimento para ‘Volta de Aracaju 2014'
 
O evento esportivo deve reunir cerca de dois mil atletas
 
 
O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu 192 Sergipe) disponibilizará equipes de suporte básico e avançado para a sexta edição da ‘Volta de Aracaju 2014’. O evento esportivo realizado no próximo dia 15 de novembro deve reunir cerca de dois mil atletas.

Realizada das 8h às 10h30, a corrida de rua é uma promoção da TV Sergipe, em parceria com a empresa Zona Alvo. Nela, os competidores deverão encarar dois percursos diferentes, um de cinco e outro de dez quilômetros.

“Manteremos uma Unidade de Suporte Avançado (USA) no Parque da Sementeira, ponto de largada e de chegada da corrida. Nessa viatura, médico, enfermeiro, técnico de enfermagem e condutor de urgência darão assistência pré-hospitalar aos participantes e conduzirão pacientes até o posto fixo local que também disponibilizará equipe médica”, assegurou a coordenadora de enfermagem do Samu, Camila Farias.

Além da equipe de suporte avançado, duas duplas de motolâncias darão cobertura aos atletas e ao público que marcará presença no circuito para prestigiar o evento. “Uma dupla estará acompanhando a Unidade de Resgate do Corpo de Bombeiros, que também atuará na assistência, enquanto a outra dupla de motolâncias estará em meio aos participantes. Mesmo não aptos a remover pacientes, os motosocorristas, que são técnicos de enfermagem, proporcionam mais imediatismo ao atendimento”, ressaltou Camila.

Durante os preparativos para a ‘Volta de Aracaju 2014’, profissionais de diversos órgãos compareceram às reuniões promovidas na sede da emissora, onde discutiram detalhes técnicos do evento. Se fizeram presentes representantes do Samu, SMTT, Emsurb, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Deso, Energisa e das secretarias de Estado da Saúde (SES) e do Esporte e do Lazer (SEEL).

Cuidados

Segundo a gerente regional de Enfermagem e gestora de eventos do Samu, Paula Dantas, os cuidados mantidos antes da disputa são necessários para garantir o bom desempenho dos atletas e, principalmente, dos amadores. “A maior parte dos casos atendidos pelas equipes do Samu durante a ‘Volta de Aracaju’ são de desidratação e hipoglicemia, portanto, é necessário investir na hidratação, numa alimentação leve e balanceada, no uso de roupas leves e calçados apropriados, sem esquecer o protetor solar. O aquecimento dos competidores implica na maior preparação muscular e no melhor resultado da prova”, orientou Paula Dantas.

Durante a ‘Volta de Aracaju 2014’, o cidadão poderá utilizar normalmente o 192 de qualquer localidade da capital e do interior do Estado. Utilizando o ramal, o solicitante contará com a avaliação e o direcionamento dado pelos profissionais da Central de Regulação do Samu 192 Sergipe.
Fonte: Samu
Leia mais

quarta-feira, 12 de novembro de 2014

PAULO AFONSO,BAHIA: CONCURSADOS DERROTADOS AMEAÇAM REPRESENTAR CONTRA PROMOTORA QUE DEIXOU DE INTERPOR RECURSO

APÓS O JULGAMENTO DO PROCESSO SOBRE O CONCURSO REALIZADO PELA PREFEITURA DE PAULO AFONSO MINISTÉRIO PÚBLICO DEIXA DE RECORRER
 
 
 
 
Concursados do certame ocorrido na cidade de Paulo Afonso , na Bahia teve o seu processo, ação civil pública, interposta pelo MP local, refutado pelo Tribunal de Justiça da Bahia, ocorrer que por ter sido o titular da ação, entendem os concursados que acreditavam piamente na vitória, que o MP de Paulo Afonso na Bahia deveria ter interposto o recurso Especial para o STJ, o que deixou de ser feito pelo representante do "parquet", causando frustação e comoção à todos aqueles que ainda tinham alguma esperança por um resultado positivo e que poderia ter sido mudado pelo Superior Tribunal de Justiça. É certo que compete ao Ministério Público a diligência para a interposição do competente recurso, não o fazendo deveria ter comunicado aos crédulos concorrentes, por qual motivo deixava de proceder em relação a tal iniciativa.

 
Em conversa com alguns concursados, os mesmos informaram que estão se mobilizando para realizar uma  RECLAMAÇÃO no Conselho Nacional do Ministério Público em Brasília, contra o promotor que deixou transcorrer o prazo sem a interposição do recurso especial. Até então, desconhecendo o fato do transito em julgado do processo, os concursados acreditavam que havia possibilidade de vitória e  que o processo seria diligenciado até a instancia final, não permitindo o transito em julgado ainda na fonte do Tribunal de
Justiça da Bahia. Descontentes e bastantes chateados alguns concursados manifestaram tristeza e depressão e afirmaram que não tinham mais fé se quer no Ministério Público da Bahia. A pergunta então é: Porque o Ministério Público não recorreu já que era o titular da ação civil pública?

Leia mais

UM ESTADO NAZISTA NO ESTADO BRASILEIRO, A POLÍCIA MATA INOCENTES

UM POLÍCIA MAU PREPARADA, MAU PAGA E DESESTIMULADA ESTÁ AUTORIZADA A MATAR INOCENTES?
 
 
 
 
Alguma coisa está errada, parece que os comandos das polícias civil e militar no Brasil estão descarregando toda sua revolta na sociedade brasileira. Agora , os dados recentes dizem que no Brasil a polícia é uma das mais truculentas e letais do mundo. na maioria dos casos, as vítimas são pobres, negras e residentes em bairros periféricos. Isso é uma noção nazista de que bandido bom é bandido morto e portanto, pouco importa a verdade dos fatos, aparentou ser bandido, aparentou.  Mata!
 
Sem falar que certos autos e resistência não passam de pura farsa e que no Brasil até coronéis são envolvidos com marginais perigosos, recebendo dinheiro do narcotráfico. Enquanto nos Estados Unidos o narcotráfico leva à prisão milhares de traficantes e resulta em multas e apreensão vultuosa de somas e bens patrimoniais dos bandidos, no Brasil muitos policiais são coniventes com a bandidagem.
 
O que deve ser feito então? Deixar o bandido escapar? fingir que está exercendo a atividade policial e deixar de mão? Na verdade o que não se deve ser feito é assassinar pessoas inocentes, nas supostas trocas de tiros e forjados autos de resistência. É claro que a bandidagem precisa aprender a respeitar a polícia e a criminalidade precisa ser combatida, principalmente a corrupção generalizada e o narcotráfico.
 
Muito se discute sobre segurança pública no Brasil, e no frigir dos ovos acaba caindo o debate no abismo das distorções salariais e no desestimulo da categoria policial. Ser policial, muitas das vezes acaba sendo um bico ou um trampolim para acesso ao poderosos da bandidagem para conseguir proveito financeiro.
 
O último CONSEG, (e único) realizado em Brasília em 2009/2010 elaborou-se estudos e diretrizes para uma polícia melhor e uma segurança pública voltada ao respeito da cidadania e da dignidade humana. Hoje a polícia só perde em credibilidade para a classe política, no Brasil.
 
A polícia não pode ser marginalizada e seus agentes não podem ser confundidos com bandidos, quando isso acontece, inocentes morrem e continuaram a morrer. Existe, em algum momento um viés e cultura nazista que precisa ser estancado enquanto ainda se pode, e a má remuneração não pode ser argumento para assassinar bandidos que se curvam à força da lei. Não havendo resistência não se justifica matar, principalmente pessoas inocentes.
 
"... Com uma população quase oito vezes menor que a dos Estados Unidos, o Estado de São Paulo registrou 6,3% mais mortes cometidas por policiais militares do que todo os EUA em cinco anos, levando em conta todas as forças policiais daquele país. Dados divulgados pela SSP (Secretaria de Segurança Pública), e analisados pela Ouvidoria da Polícia, revelam que 2.045 pessoas foram mortas no Estado de São Paulo pela Polícia Militar em confronto - casos que foram registrados como resistência seguida de morte - entre 2005 e 2009.
Já o último relatório divulgado pelo FBI (polícia federal americana) aponta que todas as forças policiais dos EUA mataram em confronto 1.915 pessoas em todo o país no mesmo período. As mortes são classificadas como justifiable homicide (homicídio justificável) e definidas pelo "assassinato de um criminoso por um policial no cumprimento do dever".
Para Guaracy Mingardi, ex-subsecretário nacional de Segurança Pública e pesquisador do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, a diferença no total de mortes do Estado e dos Estados Unidos se deve à própria cultura geral da sociedade brasileira, que tende a apoiar os assassinatos cometidos por policiais e prega que “bandido bom é bandido morto....”. *
 
 
 
 
*Instituto Brasileiro de Ciências Criminais
Leia mais

terça-feira, 11 de novembro de 2014

EMISSÕES DE CARTEIRA DE IDENTIDADES PODEM VIR A SER FEITAS COM ARQUIVAMENTO DE AMOSTRA DE GOTA DE SANGUE

EM SUGESTÃO ENCAMINHADA PARA A PRESIDENCIA DA REPÚBLICA JORNALISTA RECOMENDA QUE AO FAZER O REGISTRO DE IDENTIFICAÇÃO AMOSTRA DE SANGUE SEJAM COLETADAS
 
 
 
 
 
O jornalista Cecílio Almeida, mais uma vez colaborando com a gestão pública, apresentou ao Governo Federal sugestão para que as carteiras de identidades sejam emitidas com a coleta de amostras de gotas de sangue que seriam colocadas na própria ficha onde se coleta as digitais das pessoas. Sugeriu ainda  que  as certidões de nascidos vivos ou as certidões de nascimentos, também procedam a mesma coleta de amostra em local próprio no papel timbrado dos documentos referidos. Com isso ficaria mais fácil a identificação de material genético para casos de desaparecimento ou crimes que deixem vestígios genéticos.
O encaminhamento da sugestão foi feito diretamente ao gabinete pessoal da Presidência da República e assessoria pessoal da Presidente, Dr. Duda Dorneles. Agora é esperar para ver se a sugestão emplaca ou mesmo se o Congresso Nacional transformaria a ideia em Lei.
Leia mais

AÉCIO NEVES E SUA PSICOSE PÓS TRAUMÁTICA DA DERROTA ELEITORAL

REVOLTADO E DECIDIDO A SER O SALVADOR DA PÁTRIA; O SENADOR AÉCIO NEVES INSISTE NO DISCURSO DE MOBILIZAÇÃO DO SEU ELEITORADO PARA MANIPULAR GOLPE DE ESTADO
 
 
 
 
Dizem que psicóticos são em via de regra inconformados com a perca, não sabendo lidar bem com essa situação ,se fizerem uso de drogas então, a coisa fica pior ainda.
O fato é que o Senador tucano, age como um verdadeiro insano, articulando a todo custo um golpe de Estado que jamais virá, ainda que afirme que não concorda com os militares no poder, porque é anti democrático. Contudo em sua oposição sistemática a Dilma Rousseff , inconformado com a derrota que lhe fora infligida quando já cantava vitória antes do tempo, o mesmo vem tentando ganhar terreno nas praças públicas, com o discurso de palanque que lhe tirou a vitória, no Senado se diz a "voz da oposição"; o que é menos mal, pior será quando ele começar a dizer que é a própria voz de Deus personificada nele. Aliás esses delírios de grandeza, que só foram assistidos na época de  Collor, é comum também em pessoas psicotizadas  dizem os especialistas. Irresignado pelo rumo da campanha eleitoral que por um triz deu-lhe a vitória, perdida pelas denuncias de envolvimento em corrupção e amigos traficantes,  Senador passa como um bonde pelo Senado Federal, vociferando nos microfones, buscando a todo custo arrancar aplausos de uma plateia que se lhe assiste peripateticamente, é tudo que um doido pode querer ; repercussão e disseminação de seus delírios oníricos de salvador da pátria.
Ora, o certo é que o Senador Aécio Neves ainda não superou o trauma da derrota eleitoral e pior de ter sido surpreendido com a derrota em seu Estado: Minas Gerais, e agora vive possivelmente um transtorno psicótico que lhe faz acreditar que somente um golpe de Estado e a intervenção militar salvará o Brasil dos "comunistas", o coitado não deve dormir lá muito bem com essa perseguição imaginária dos comunistas, nos pés dele. É notório um surto psicótico do Senador Aécio Neves. Pois ver de novo a Presidenta Dilma reeleita  e cheia de notoriedade internacional, levando a Bandeira do Brasil para todos os cantos, não deve lhe  fazer nada bem.

Leia mais

DILMA ROUSSEFF ; A ILUMINADA

O compromisso da Presidenta Dilma Rousseff é muito maior do que ser presidente de passagem pelo Brasil
 
 
 
 
A Presidenta Dilma Rousseff tem um compromisso com o fim da pobreza, da corrupção pela  universalização dos povos pela paz mundial .Terminada a disputa politica, a evolução dos princípios por ela incorporados fazem dela a possível maior Estadista que esse Brasil já venha ter tido, talvez depois de Juscelino Kubitschek de Oliveira. Um compromisso com um país relacionado com o mundo exterior, com marcantes determinações para unir os povos de todas as raças e credos e pelo combate à fome a à miséria. Sabendo transitar com sabedoria e serenidade entre nações opostas como a China e os Estados Unidos; tendo inclusive o respeito dos Estados Unidos da América, assegurou a criação de um banco internacional sediado na Rússia para ajudar a combater a miséria. Para quem sabe, Dilma Rousseff representa a participação efetiva do Brasil na mudança da conjuntura mundial e é vista como notável pelo seu compromisso por uma Ordem mais justa e mais
digna. Sua gestão última será coroada possivelmente com a inclusão do Brasil para assento definitivo numa das cadeiras da ONU, com voz e vez para os países que tem como marca o combate à distorção social. Cumprida a sua missão, Dilma deixará o país pronto para exercer sua participação no futuro de grandes Nações e para a nova gestão com os conceitos Iluminados de uma Nova Ordem Social. Tanto é que vem se empenhando socialmente para que a ALCA seja definitivamente consagrada e busca com empenho que os Estados Unidos integrem uma ALIANÇA, no mercado comum das américas, para que diminua a disparidade da situação social entre os povos de todas as américas. Não acreditar nisso para tentar impedir o rumo da história é mover-se contra uma locomotiva que lhe arrastará para fora dos  trilhos, por atropelo veloz.
Leia mais

sábado, 8 de novembro de 2014

ATENÇÃO: STJ MANDA SUSPENDER TODAS AS AÇÕES DE BUSCA E APREENSÃO NO PAÍS

EM DECISÃO RECENTE O SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA DETERMINOU O SBRESTAMENTO DE TODAS S AÇÕES DE BUSCA E APREENSÃO FIDUCIÁRIA EM TODO O PÁIS, ATÉ ULTERIOR DELIBEREAÇÃO, NADA IMPEDE O AJUIZAMENTO DAS AÇÕES, CONTUDO AS MESMAS FICAM SUSPENSAS ATÉ QUE HAJA UMA DECISÃO TERMINATIVA DO STJ
 

STJ suspende ações sobre pagamentos de busca e apreensão

O ministro Luís Felipe Salomão, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), determinou a suspensão em todo o país da tramitação dos processos que analisam se há ou não a necessidade de pagamento integral do débito nos casos de busca e apreensão de bem alienado fiduciariamente. A alienação fiduciária ocorre quando uma pessoa compra um bem financiado, e o credor toma o próprio bem em garantia, de forma que o comprador, apesar de impedido de negociar com terceiros, pode usufruir desse bem.
A decisão se deve ao fato de haver uma quantidade significativa de ações relacionadas ao assunto, pendentes de distribuição na Justiça dos estados. A controvérsia jurídica será resolvida pela 2ª Seção do STJ, ainda sem data definida, no julgamento de recurso submetido ao regime dos repetitivos (artigo 543-C do Código de Processo Civil), cujo relator é o ministro Salomão.
Com a medida, haverá, automaticamente, o sobrestamento dos recursos especiais com a mesma controvérsia nos Tribunais de Justiça e nos Tribunais Regionais Federais. A decisão do relator, no entanto, estende a suspensão para todos os processos em curso, que não tenham recebido solução definitiva. O ministro afirma que não há impedimento para o ajuizamento de novas ações, contudo ficarão suspensas no juízo de 1º Grau. (Texto: Lilian Cury – Centro de Comunicação Social do TJGO)
Fonte: TJGO
 
Leia mais

quinta-feira, 6 de novembro de 2014

ENTERRADO O GRUPO POLÍTICO DE LUIZ DE DEUS NA CIDADE DE PAULO AFONSO-BA

A derrota politica e a perca da liderança de Luiz de Deus em Paulo Afonso.


Que a situação política de Luiz de Deus não é mais a mesma e que amarga derrotas todo mundo já sabe, mais o que falta ser revelado é o fim de um ciclo de uma política imposta a mão de ferro e chicote na mão.

Luiz de Deus implantou em Paulo Afonso a velha política do cabresto tão conhecida na Bahia na era ACM.

As duas últimas eleições mostraram o fracasso eleitoral de um dos políticos mais conhecido da 10ª Região, Luiz de Deus e seus bajuladores parecem não acreditar no resultado.

Mas o fato é que as ideias políticas do médico parlamentar já não convence aliados e apadrinhados, o Prefeito de Paulo que o diga.

Seu principal defensor, o diretor da Rádio Bahia Nordeste, tenta amenizar a situação voltando ao passado para tentar justificar o que aconteceu no presente, o racha político no grupo dos ''Deuses''.

É triste ter que afirmar que Luiz de Deus já não emplaca mais, nas duas últimas eleições Luiz vem perdendo sistematicamente votos.

Em 2006 Luiz obteve 19.367 votos para um eleitorado de 48.800 de votos válidos, já em 2010, Luiz teve uma diminuição considerável de votos,ele obteve 17.659 votos para um eleitorado de 49.869 no total.

Continuando sua decrescente, em 2014 Luiz de Deus continuou em queda somando na eleição 16.113 votos para um eleitorado de 58.448 de votos válidos.

Ao passo que a cada eleição o número de eleitores cresce em Paulo Afonso, Luiz de Deus diminui seus votos numa contramão preocupante, se analisarmos as eleições de 2006-2014, o Médico parlamentar já perdeu mais de 3250 votos na terra da energia.

Enfim parece que os eleitores de Paulo Afonso já estão saturados das promessas que nunca se cumprem, a Rádio Bahia Nordeste já não influencia bajuladores e apadrinhados, o discurso da política velha do comentarista político da emissora parece está dando náuseas no eleitorado Paulo afonsino.

E a verdade é uma só, Luiz de Deus perdeu o posto de ''líder'' para o Prefeito de Paulo Afonso!
 
http://www.marcioomena.blogspot.com.br/2014/11/a-derrota-politica-e-perca-da-lideranca.html
Leia mais

sexta-feira, 31 de outubro de 2014

EM PAULO AFONSO NA BAHIA A POLÍCIA ESTÁ SENDO ACUSADA DE TORTURAR ATÉ A MORTE

PROVIDÊNCIAS URGENTES PRECISAM SEREM ADOTADAS PELO COMANDO LOCAL NA CIDADE DE PAULO AFONSO NO ESTADO DA BAHIA, POIS POLICIAIS ESTÃO TORTURANDO ATÉ A MORTE .
 
 
 
 
A obrigação da Polícia restringe-se a prender o bandido e entrega-lo à autoridade judiciária. Recentemente , cerca de 20 dias, um jovem acusado de crimes, no bairro prainha foi preso porque teria surrado a sobrinha; após apanhar foi levado ainda surrado para o presídio onde segundo disseram teria sido gravemente espancado a ponto de ter sido levado ao hospital e depois liberado para ir para sua casa, onde alguns dias depois morreu à mingua na cidade. Agora nos chega a denuncia onde numa rede social, um jornalista local, afirma que a polícia truculentamente está torturando até a morte  pessoas acusadas de crime. Em sendo verdade o Comandante deve ser exonerado imediatamente, e o caso encaminhado para a corregedoria da Polícia e adoções de providencias perante o Secretário de Segurança Pública do Estado da Bahia. O que não se pode é a Polícia massacrar um acusado de crimes até a morte e fazer justiça do lugar do Estado Juiz, institucionalizando a pena de  morte. Cadê a OAB de Paulo Afonso? Estaria omissa diante de tais acontecimentos, ou desencorajada pela possível intimidação?
 
Com a palavra o Secretário Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça, e  a Comissão Interamericana de Direitos Humanos junto ás quais providências já foram adotadas por este jornalista.
Leia mais

REDE GLOBO É PEGA PELO RABO; POR ISSO NÃO QUERIAM DILMA ELEITA



Globo e Irmãos Marinho têm que prestar contas à Polícia Federal e Receita Federal


Globo e Irmãos Marinho têm que prestar contas à Polícia Federal e Receita FederalA Polícia Federal do Rio de Janeiro instaurou inquérito para apurar fraude praticada pela TV Globo e com participação da Globopar contra a Receita Federal. A denúncia sobre a sonegação milionárias das Organizações Globo e posterior desaparecimento das provas junto à Receita Federal será investigada agora com acompanhamento do Ministério Público Federal, que será conduzido pelo delegado Rubens de Lyra Pereira. Com o inquérito federal a Globo, empresa destinatária de quase metade dos recursos públicos voltados para publicidade no Brasil passa a ser investigada por crimes contra a ordem tributária, sonegação de impostos, evasão de divisas, lavagem de dinheiro e atentado contra o sistema financeiro, além de ocultação de bens, direitos ou valores, isso devido ao desaparecimento misterioso dos documentos originais do processo, nos quais os auditores da Receita Federal decidiram pela condenação da TV Globo pelo crime de sonegação.

O chefe da Delegacia Fazendária da Polícia Federal no Rio de Janeiro, Fábio Ricardo Mota confirmou a instauração do inquérito policial contra os crimes financeiros e fiscais cometidos pela TV Globo. As fraudes financeiras das Organizações Globo foram identificadas inicialmente na Ilhas Virgens Britânicas por uma agência de cooperação internacional. A TV Globo usou uma empresa laranja para adquirir, sem pagar impostos, os direitos de transmissão da Copa do Mundo de 2002. O número do inquérito é 926 / 2013.

Os auditores fiscais fizeram uma minuciosa apuração é detectaram graves crimes contra a Receita Federal e cobraram multas e juros, que em 2006 totalizavam R$ 615 milhões, hoje esse valor corrigido ultrapassa R$ 1 bilhão.

Estranhamente quando os documentos da Receita iam ser enviados foram roubados da sede da Receita Federal. Vamos aguardar uma apuração rigorosa dos fatos, afinal a fraude dos Irmãos Marinho, R$ 1 bilhão daria para fazer ao preço do Minha Casa, Minha Vida mais de 15 mil casas populares para quem não tem onde morar, e eles como todos sabem moram muito bem.
 
Leia mais

PIZZOLATO E O GOVERNO ITALIANO PÕE O STF EM CHEK ! MENSALÃO SERIA FARSA

 Farsa do ‘mensalão’ cai por terra após libertação de Pizzolato

29/10/2014 11:50
Correio do Brasil
 Por Redação, com colaboradores - de Brasília, Rio de Janeiro e Roma
 




Pizzolato foi libertado, após um tribunal italiano julgá-lo inocente das acusações


A farsa montada no maior julgamento de exceção já visto no país, desde o enforcamento de Joaquim José da Silva Xavier, o Tiradentes, ainda no Brasil Colônia, caiu por terra na Itália, nesta quarta-feira, após a libertação do ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato. A Ação Penal (AP) 470, batizada de ‘mensalão’ pela mídia conservadora, não serviu ao seu objetivo primário, de promover o impedimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que governou por dois mandatos, nem atrapalhar a eleição da presidenta Dilma Rousseff, em 2010. Agora em 2014, reconduzida a atual mandatária a um segundo período no Palácio do Planalto, a peça jurídica fundada em um amontoado de mentiras é desmontada e deixa exposta a sua origem golpista. Um novo capítulo começa a ser escrito na Justiça brasileira.

Pizzolato, a exemplo dos demais réus no processo do ‘mensalão’, teve seu nome arrastado na lama. Ao contrário dos demais, que cumprem penas em diferenciados regimes, no país, ele preferiu apelar à Justiça da Itália, seu segundo país natal, onde o processo foi reexaminado à luz do direito, e não da política de extrema direita, com base nos autos produzidos nas dependências do Judiciário brasileiro e no relatório que usou em sua defesa.

– Eu não fugi, eu salvei minha vida. Você não acha que salvar a vida não vale a pena? – disse ao deixar a prisão, nesta manhã.

Petista histórico, Pizzolato reafirmou sua inocência:

– Tenho a consciência tranquila. Nunca perdi uma noite de sono. Fiz meu trabalho no banco, o banco não encontrou nenhum erro no meu trabalho. O banco sempre disse que não sumiu um centavo. Não é um banco pequeno, é o maior banco da América Latina, é um banco que tem um enorme sistema de controle – afirmou.

Condenado no Brasil a 12 anos e 7 meses de prisão por corrupção passiva, peculato e lavagem de dinheiro, Pizzolato chegou à Itália em setembro do ano passado e foi preso em Maranello em fevereiro deste ano. A Corte de Apelação de Bolonha negou o pedido de extradição do governo brasileiro e ele foi libertado. Segundo Alessandro Sivelli, advogado do ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil, a “situação das cadeias brasileiras” foi decisiva para que a justiça italiana negasse a extradição.

Tribunal de exceção

Segundo o relatório que Pizzolato apresentou, em sua defesa, na corte italiana, um tribunal de exceção foi montado no Brasil com o único objetivo de desmoralizar o então presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em uma clara tentativa de apeá-lo do poder antes do tempo. Embora o estratagema tenha funcionado ao contrário, com mais um mandato popular surgido das urnas ao líder petista, que em seguida elegeu a sucessora, Dilma Rousseff, o STF seguiu adiante e conseguiu que o ex-ministro José Dirceu e o deputado José Genoino (PT-SP) fossem conduzidos à prisão.

Pizzolato relata, em detalhes, as operações realizadas na campanha política de 2002 e suas ações na diretoria de Marketing do Banco do Brasil. No dossiê, ele contesta os documentos acatados como verdadeiros na AP 470.

“Observem bem a data em que foi escrita a carta mentirosa do “tucano” (Antonio Luiz Rios, ex-presidente da Visanet que hoje trabalha como consultor para a Rede Globo de Televisão) e dirigida aos peritos da PF, foi em 02 de fevereiro de 2006, período em que os advogados não tinham acesso a nenhum documento. E esta carta mentirosa do “tucano” ditou, influenciou e/ou moldou todos os pareceres, perícias e fundamentalmente a própria “denúncia” da Procuradoria Geral da República e do Ministério Público Federal (PGR/MPF), bem como a argumentação do relator Joaquim Barbosa que por sua vez “convenceu” o plenário do STF. Ninguém, repito, absolutamente ninguém, nem o PGR/MPF e nem o relator, deram-se ao trabalho de observar a regra básica de uma relação de mercado, o respeito ao contrato. Pois existia um contrato que normatizava a relação da Visanet com seus sócios, os diversos bancos, sendo o maior acionista da VISANET, o Bradesco”.

Em nove capítulos, Pizzolato também revela que, em março de 2006, quando ainda presidia o STF o ministro Nelson Jobim, a CPMI dos Correios divulgou um relatório preliminar pedindo o indiciamento de 126 pessoas. Dez dias depois, em 30 de março de 2006, o procurador-geral da República já estava convencido da culpa de 40 deles. A base das duas acusações era desvio de dinheiro público (que era da bandeira Visa Internacional, mas foi considerado público, por uma licença jurídica não muito clara) do Fundo de Incentivo Visanet para o Partido dos Trabalhadores, que teria corrompido a sua base aliada com esse dinheiro. Era vital para essa tese, que transformava o dinheiro da Visa Internacional, aplicado em publicidade do BB e de mais 24 bancos entre 2001 e 2005, em dinheiro público, ter um petista no meio. Pizzolato era do PT e foi diretor de Marketing de 2003 a 2005.

Barbosa decretou segredo de Justiça para o processo da primeira instância, que ficou lá, desconhecido de todos, até 31 de outubro do ano passado. Faltavam poucos dias para a definição da pena dos condenados, entre eles Pizzolato, e seu advogado dependia de Barbosa para que o juiz da 12ª Vara desse acesso aos autos do processo, já que foi o ministro do STF que decretou o sigilo.

O relator da AP 470 interrompera o julgamento para ir à Alemanha, para tratamento de saúde. Na sua ausência, o requerimento do advogado teria que ser analisado pelo revisor da ação, Ricardo Lewandowski. Barbosa não deixou. Por telefone, deu ordens à sua assessoria que analisaria o pedido quando voltasse. Quando voltou, Barbosa não respondeu ao pedido. Continuou o julgamento. No dia 21 de novembro, Pizzolato recebeu a pena, sem que seu advogado conseguisse ter acesso ao processo que, pelo simples fato de existir, provava que o ex-diretor do BB não tomou decisões sozinho – e essa, afinal, foi a base da argumentação de todo o processo de mensalão (um petista dentro de um banco público desvia dinheiro para suprir um esquema de compra de votos no Congresso feito pelo seu partido).

No dia 17 de dezembro, quando o STF fazia as últimas reuniões do julgamento para decidir a pena dos condenados, Barbosa foi obrigado a dar ciência ao plenário de um agravo regimental do advogado de Pizzolato. No meio da sessão, anunciou “pequenos problemas a resolver” e mencionou um “agravo regimental do réu Henrique Pizzolato que já resolvemos”. No final da sessão, voltou ao assunto, informando que decidira sozinho indeferir o pedido, já que “ele (Pizzolato) pediu vistas a um processo que não tramita no Supremo”.

“Pois é”

O único ministro que questionou o assunto, por não acreditar ser o assunto tão banal quanto falava Barbosa, foi Marco Aurélio Mello.

Mello: “O incidente (que motivou o agravo) diz respeito a que processo? Ao revelador da Ação Penal nº 470?”

Barbosa: “Não”.

Mello: “É um processo que ainda está em curso, é isso?”

Barbosa: “São desdobramentos desta Ação Penal. Há inúmeros procedimentos em curso.”

Mello: “Pois é, mas teríamos que apregoar esse outro processo que ainda está em curso, porque o julgamento da Ação Penal nº 470 está praticamente encerrado, não é?”

Barbosa: “É, eu acredito que isso deve ser tido como motivação…”

Mello: “Receio que a inserção dessa decisão no julgamento da Ação Penal nº 470 acabe motivando a interposição de embargos declaratórios.”

Barbosa: “Pois é. Mas enfim, eu estou indeferindo.”

Segue-se uma tentativa de Marco Aurélio de obter mais informações sobre o processo, e de prevenir o ministro Barbosa que ele abria brechas para embargos futuros, se o tema fosse relacionado. Barbosa reitera sempre com um “indeferi”, “neguei”. O agravo foi negado monocraticamente por Barbosa, sob o argumento de que quem deveria abrir o sigilo de justiça era o juiz da 12ª Vara. O advogado apenas consegui vistas ao processo no DF no dia 29 de abril, quando já não havia mais prazo recursório.
Leia mais